Os Analistas

Espetáculo de choro e samba será realizado no Convento das Mercês

Geral

Convento das Mercês será palco de grandes apresentações de Choro e Samba

Grandes nomes da música popular maranhense se apresentam, no próximo dia 24, no Convento das Mercês, levando muito choro e samba para o público presente. O evento está marcado para começar às 19h e a entrada é franca.

O espetáculo faz parte de um projeto, com realização mensal, desenvolvido por meio de parceira entre a Federação da Memória Republicana, Clube do Choro e Secretaria Estadual de Cultura. A cada edição, o projeto vai homenagear artistas da música pela contribuição à Cultura Maranhense, que estiverem aniversariando no mês.

Nessa primeira edição, serão homenageados Turibio Santos, Rosa Reis, Escrete e Gabriel Melônio. Rosa Reis e Gabriel Melônio participam da apresentação que será comandada pelo Regional Tira Teima, o grupo de choro mais antigo da cidade, formado por Paulo Trabulsi, Sadi Ericeira, Zé Carlos, Serrinha da Flauta e Antônio Paiva.

Conhecido como a vanguarda do choro no Maranhão, o grupo Tira-Teima é composto por Paulo Trabulsi no cavaquinho solo, Sadi Ericeira no cavaquinho centro, Francisco Solano no Violão de 7 cordas, Zé Carlos no pandeiro e  Serra de Almeida na Flauta transversal.

Ao longo de sua existência, o Regional Tira-Teima atuou vigorosamente em um grande número de manifestações culturais e musicais, participando de vários projetos culturais.

Já o cantor Gabriel Melonio fará 75 anos no dia 18 de março e, de carreia tem mais de 51 anos dedicados ao universo musical. É interprete oficial da Escola de Samba Turma do Quinto, desde 1977, onde permanece até hoje.

Gabriel tem dois discos gravados: um vinil de 1995 e um CD gravado em 2002. Além da Turma do Quinto,Gabriel também é intérprete no Carnaval do Bloco Tradicional Príncipe de Roma, que neste ano de 2023 ganhou o 1º lugar no Carnaval 2023.

Gabriel também faz parte dos festejos juninos, cantando repertório com toadas de bumba-meu-boi,baião,xaxado,xote tambor de crioula e quadrilhas.

Rosa Reis é cantora, produtora cultural e coordenadora do Laborarte. Participando da cultura popular nos espetáculos do Cacuriá de Dona Teté, Tambor de Crioula do Laborarte e Caixeiras do Divino, já acumula mais de 30 anos de trabalhos com a música.
Ela também realiza os projetos musicais Sarau de Bailados e Circuladô de Encantos, além de ter 4 cd´s gravados, 2 vinil e participou de várias coletâneas musicais.

2 Comments

2 Comentários

  1. Dayse Waldorf

    23/03/2023 at 02:16

    A nata da cultural!

    • Dayse Waldorf

      23/03/2023 at 02:18

      A nata cultural!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os Analistas no Twitter

Você pode gostar

Destaque

Não causam mais nenhuma estranheza as posições assumidas pelos parlamentares da dita direita maranhense, sejam eles estaduais ou federais. O último capítulo da insensatez...

Destaque

O Sindicato dos Bancários realizou nesta quinta-feira (11) um ato público para denunciar o fechamento da agência do Banco Santander, da Praça João Lisboa,...

Geral

O volume de serviços prestados no país recuou 0,9% na passagem de janeiro para fevereiro de 2024. O resultado chega após três meses de...

Geral

Na passagem de janeiro para fevereiro, as vendas no comércio varejista no país aumentaram 1,0% e atingiram o maior patamar da série histórica iniciada...